Publicado por: PJ Diocese de Piracicaba | fevereiro 18, 2009

Espiritualidade da Pastoral da Juventude

Ofício da Vigília durante a Assembléia da PJ Regional Sul 1“Espiritualidade é o que faz com que vivamos segundo o Espírito. E é marcada no cotidiano de nossa existência”. (1 Cor 12,3/Rom. 8,9)

A espiritualidade é o que nos alimenta e nos dá vida. É o sopro de Deus que age em nosso ser. Todos nós temos já pela escolha de Deus um espírito que nos anima. Essa espiritualidade necessita ser alimentada no dia-a-dia e no contato íntimo com Deus através da palavra, que nos leva a se comprometer com o outro e a outra, com a comunidade e com a transformação de tudo que é contrário ao que Deus quer. Por isso dizemos que a espiritualidade da Pastoral da Juventude é:

  • Cristocêntrica – centrada em Jesus, amigo companheiro de caminhada.
  • Mariana – Maria se compromete com o projeto de Deus. É exemplo de fidelidade, disponibilidade, entrega.
  • Comunitária e eclesial – pois é no grupo e comunidade na que o jovem se identifica, partilha suas experiências e sonhos.
  • Leiga e Missionária – a presença do espírito nos grupos e comunidades instiga o jovem a servir os outros e a descobrir sua vocação missionária.
  • Encarnada e libertadora – O filho de Deus se encarna na realidade humana. Tem uma ligação de fé e vida. Tal presença é ativa e efetiva lutando pela libertação.
  • Orante – valoriza os momentos de oração pessoal e comunitária. A liturgia e as celebrações expressam a espiritualidade que nos alimenta e anima.
  • Celebrativa – a alegria da juventude manifesta-se na celebração da vida e do Espírito como festa inspirada na vitória pascal. A realização de encontros, festas, liturgia, caminhadas… são momentos de viver o Deus-felicidade que nos anima e revigora para a ação concreta.

A Teologia da Libertação é a nossa referência com a fundamentação da fé e o compromisso de luta e pé no chão. Nossa opção é de uma espiritualidade da libertação e da opção da Igreja pelos pobres. Podemos dizer então que a espiritualidade das Pastorais da Juventude é uma espiritualidade da alegria e anúncio de Jesus da vida, com a cara e o jeito da juventude.

Por isso necessitamos investir na nossa formação espiritual, participando e realizando momentos de estudo da palavra, Escolas Bíblicas e Litúrgicas e conhecimento do Ofício Divino das Comunidades e da Leitura Orante, para cultivar uma espiritualidade inculturada e ecumênica.

Ser Cristão é imitar os apóstolos no seguimento de Jesus. Claro que é importante e também necessário que tiremos um tempo especial para declarar a presença de Deus no nosso dia-a-dia. A mística pessoal é o que marca, sela e da originalidade a todo nosso ser. Revela – se no nosso olhar sobre a juventude, no jeito que sentimos, no jeito que acolhemos aos outros, em nossas mãos que juntas com outras mãos, constroem, no nosso grito indignado diante de uma situação injusta, no nosso parar para contemplar e embebedar – se da alegria de estarmos vivos ao final de mais um dia de luta.

A Espiritualidade na Pastoral da Juventude, tem por finalidade ajudar os jovens a resgatar o prazer de celebrar. A mística que nos alimenta e nos sustenta é marcada pela atitude de esperança diante das situações da vida, diante do mundo.

Nossa espiritualidade é também marcada pela riqueza cultural. Somos jovens de muitos costumes, jeitos e histórias. Cada lugar tem sua característica especial. Isso faz com que tenhamos a sensibilidade de estarmos muito abertos, com espírito acolhedor, as diferenças que formam a riqueza de nossa unidade. Um traço forte que marca nossos momentos celebrativos é a acolhida e o carinho com as pessoas.

Enfim, todos (as) devemos nos sentir motivados a cultivar a espiritualidade no cotidiano, afinal, a esperança e a fé fazem de nós pessoas corajosas, testemunhas, sinais vivos e presentes do Reino. Nossos momentos de Espiritualidade quer devolver ao jovem o prazer de celebrar, através do que a Igreja já nos oferece e também utilizando do seu próprio interesse. Sempre buscamos o jeito mais simples de celebrar a nossa caminhada através da nossa vivência diária. “Ver o invisível” é experiência que todos aqueles que amam fazem muitas vezes sem saber explicar, é desse jeito também que vemos tudo o que nos fala ao coração: objetos que guardam lembranças, livros ou filmes que nos emocionam, fatos e pessoas que nos marcam, histórias contadas por nós mesmos. Em outras palavras, nossa espiritualidade tem a ver com as motivações que nos impulsionam.

Para muitos grupos de jovens, ainda falta a compreensão de qual é a mística da PJ; é necessário reafirmar nossa Espiritualidade Cristocêntrica e Mariana, encarnada na realidade de comunhão e participação; (Ajuda a entender que esse jeito se dá na prática. Não só entender mas ajudar a ver que nossa espiritualidade e mística são propostas que perpassam nossa vida e nosso cotidiano); Como fazer chegar à base os instrumentos pelos quais fazemos opção? Falta motivar para a criação de novos cantos e instrumentos e, também, fazer conhecer os existentes; Trabalhar uma fé que sustente para a luta; Ter clareza dos ritos (conhecer, entender e saber); Falta formação para espiritualidade; Falta um “lema”, um eixo comum. Uma “marca” da espiritualidade da PJ; Estabelecer mais parcerias (CEBs, Rede Celebra…) para proporcionar Escolas Bíblicas, Litúrgicas, Ofício Divino das Comunidades, Leitura Orante da Bíblica… A PJ deveria ter um CD de cantos, Ofícios, mantras… Estabelecer um “projeto” de espiritualidade nos moldes do SINM. Estudar Jesus a partir de indicativos relacionados por ano; Ter instrumentos com menos custos (ou grátis) e que cheguem; Que o próprio Jornal Juventude seja instrumento dessa ação, de forma sistemática e não com matérias.

Oficio Divino da Juventude

As várias ferramentas que temos a nossa disposição também são fundamentais para uma boa espiritualidade, o Oficio Divino das Comunidades e em especial o da Juventude (ODJ) que foi criado com intuito de facilitar nossos momentos de oração, a Leitura Orante da Bíblia, os materiais e cursos específicos para despertar a espiritualidade são também bastante utilizados, mas o que conta mesmo é nossa vivência, Espiritualidade para os jovens da Pastoral da Juventude se resume em vivência.

(Fonte: Espiritualidade e Mística – Construídas na auto-avaliação da PJ no seminário nacional da PJB em julho 2003,

MENDONÇA, Camila. Membro do GT de Espiritualidade do Regional Sul 1 da PJ)

About these ads

Responses

  1. [...] CULTIVAR UMA ESPIRITUALIDADE Conheça e viva mais a espiritualidade da Pastoral da Juventude, e veja que fé e vida podem e devem andar juntas. A espiritualidade é um instrumento de [...]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: